preloader

Pandemia consolida vendas on-line dos supermercados

A pandemia vem consolidando as vendas no mercado digital. No último evento da APAS (Associação Paulista de Supermercados) em outubro do ano passado, cerca de 50% dos presentes afirmaram já ter operação de e-commerce consolidada ou estar em vias de implementar [uma operação]. Com a Covid-19, o setor de supermercados está praticamente empatado com informática.

Desde março do ano passado após a implantação do isolamento social objetivando conter ou diminuir o avanço da pandemia do corona vírus, o setor de supermercados que vinha caminhando lentamente para a expansão do e-commerce, de uma hora para outra, passou a ser um dos setores mais procurados pelo consumidor, o que obrigou o segmento a entrar fortemente nesse tipo de canal e muitas plataformas especializadas nesse seguimento surgiram como a Digital Seller.

Alguns supermercados que já possuíam o canal de vendas na internet indicaram que antes da Covid-19, 50% dos clientes eram recorrentes e os outros 50% eram novos. Agora, 80% do público são de novos clientes.

Por conta da pandemia, até aqueles consumidores mais tradicionais acabaram testando a compra online, uma pesquisa da Nielsen aponta que 13% da população comprou na internet pela primeira vez neste ano.

Segundo os dados da 42ª edição do Webshoppers, estudo sobre e-commerce do País elaborado semestralmente pela Ebit|Nielsen, em parceria com a Elo, o setor teve um crescimento de 47%, são R$38,8 bilhões a mais, sendo o maior em 20 anos. Impulsionado diretamente pela alta de 39% no número de pedidos, 90,8 milhões de compras, em relação ao primeiro semestre de 2019.

E para muitos essa foi uma novidade. Cerca de 7,3 milhões de brasileiros realizaram sua primeira compra online em 2020, um crescimento de 40%. Com isso, o Brasil alcançou a marca de 41 milhões de usuários ativos de E-commerce.

A tendência é manter boa parcela desses consumidores, como aponta a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), indicando que 70% da população pretende comprar mais em sites e aplicativos mesmo com retomada do comércio.

Com isso conclui-se que o e-commerce brasileiro vai de vento em polpa e com muito ainda para crescer. Veja esse e outros artigos em nosso blog saiba mais.

A DIGITAL SELLER foi criada em 2018 à partir das necessidades das empresas, de não apenas entrar no mercado de e-commerce e marketplace de forma consistente, sustentável e principalmente rentável, mas sobretudo de entrar, permanecer e se sobressair neste mercado tão competitivo e difícil. Nascemos com DNA digital e crescemos junto com os nossos clientes e-commerce. Por isso, nós somos a melhor solução para evoluir seu negócio – independente do tamanho e/ou estágio que ela esteja. Focado na qualidade do atendimento e respeito ao cliente, tudo aliado a um negócio estruturado, inovador e de alta performance. Atuamos de forma consultiva auxiliando os nossos clientes em todo o processo de implantação de sua loja virtual “e-commerce” e marketplaces dando todo o suporte necessário para abrir a seu e-commerce e/ou marketplace de forma profissional e otimizada.

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *